A FACULDADE
GRADUAÇÃO
PÓS-GRADUAÇÃO
CULTURA E EXTENSÃO
PESQUISA
COOPERAÇÃO ACADÊMICA
DOCENTES
NOTÍCIAS
REVISTAS
OUVIDORIA
FALE CONOSCO
INTRANET
DEPARTAMENTOS
A FACULDADE
HISTÓRIA
ORGANIZAÇÃO
SER FRANCISCANO
DIVERSIDADE
MUSEU E ARQUIVOS
MAPA DA FACULDADE
GALERIA DE IMAGENS
LEGISLAÇÃO
COMUNICADOS/PORTARIAS
LICITAÇÕES
VESTIBULAR
EDITAIS
GRADUAÇÃO
A COMISSÃO
NOTÍCIAS
DOCENTES
GRADE HORÁRIA
MAPA DE PROVAS
TCC
ESTÁGIOS
DIPLOMAS ESTRANGEIROS
EDITAIS
FORMULÁRIOS
LEGISLAÇÃO
PÓS-GRADUAÇÃO
PÁGINA INICIAL
CALENDÁRIO
DISCIPLINAS CREDENCIADAS
LINHAS DE PESQUISA
PROJETOS DE PESQUISA
CULTURA E EXTENSÃO
A COMISSÃO
NOTÍCIAS
CURSOS
ATIVIDADES ACADÊMICAS
COMPLEMENTARES
FORMULÁRIOS
LEGISLAÇÃO
PESQUISA
A COMISSÃO
NOTÍCIAS
INICIAÇÃO CIENTÍFICA
GRUPOS DE PESQUISA
PÓS-DOUTORADO
LEGISLAÇÃO
COOPERAÇÃO ACADÊMICA
CCinN-FD - A Comissão
NOTÍCIAS
BOLSAS
CONVÊNIOS
PITES
CÁTEDRA UNESCO
LEGISLAÇÃO
DOCENTES
DIRETOR
Luiz Antonio da Gama e Silva

Luiz Antonio da Gama e Silva

1959/1962

Nasceu em Mogi-Mirim em 19 de maio de 1913. Em 1930, matriculou-se na Faculdade de Direito de São Paulo, recebendo o grau de bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais em janeiro de 1934. Dedicou-se, desde logo, à advocacia e à política, filiando-se ao Partido Republicano Paulista e como jornalista ingressou no Correio Paulistano. Em 1935, durante alguns meses, foi promotor público interino em Mogi-Mirim.

Em novembro de 1944, foi nomeado livre-docente de Direito Internacional Privado, ocasião em que recebeu o grau de doutor em Direito. Em 1953 concorreu à cátedra da mesma disciplina, tendo sido aprovado unanimemente.

De 1938 a 1945, foi juiz do Tribunal de Impostos e Taxas do Estado de São Paulo. Pertenceu à Associação Brasileira de Direito Internacional, ao Instituto dos Advogados de São Paulo e exerceu o cargo de diretor do Centro das Indústrias de São Paulo.

Em 1956 assumiu a vice-diretoria da Faculdade de Direito de São Paulo, sendo nomeado diretor interino, de 1958 a 1959, e diretor efetivo, de 1959 a 1962.

Em 1964 foi eleito juiz da Corte Permanente de Arbitragem de Haia, com mandato até 1976. De 1963 a 1967, foi reitor da Universidade de São Paulo. No ano de 1964, já após o golpe militar e início da ditadura, foi nomeado ministro da Justiça e da Educação e Cultura e, posteriormente, em 1967, ministro da Justiça no Governo Costa e Silva, em cuja gestão se deu a edição do AI-5, do qual foi seu redator. Em 1970 foi designado embaixador do Brasil em Portugal, aí permanecendo até 1974.

Faleceu a 2 de fevereiro de 1979.

Faculdade de Direito - Universidade de São Paulo
Largo São Francisco, 95
São Paulo-SP
01005-010
+55 11 3111.4000