A FACULDADE
GRADUAÇÃO
PÓS-GRADUAÇÃO
CULTURA E EXTENSÃO
PESQUISA
COOPERAÇÃO ACADÊMICA
DOCENTES
NOTÍCIAS
REVISTAS
OUVIDORIA
FALE CONOSCO
INTRANET
DEPARTAMENTOS
A FACULDADE
HISTÓRIA
ORGANIZAÇÃO
SER FRANCISCANO
DIVERSIDADE
MUSEU E ARQUIVOS
MAPA DA FACULDADE
GALERIA DE IMAGENS
LEGISLAÇÃO
COMUNICADOS/PORTARIAS
LICITAÇÕES
VESTIBULAR
EDITAIS
GRADUAÇÃO
A COMISSÃO
NOTÍCIAS
DOCENTES
GRADE HORÁRIA
MAPA DE PROVAS
TCC
ESTÁGIOS
DIPLOMAS ESTRANGEIROS
EDITAIS
FORMULÁRIOS
LEGISLAÇÃO
PÓS-GRADUAÇÃO
PÁGINA INICIAL
CALENDÁRIO
DISCIPLINAS CREDENCIADAS
LINHAS DE PESQUISA
PROJETOS DE PESQUISA
CULTURA E EXTENSÃO
A COMISSÃO
NOTÍCIAS
CURSOS
ATIVIDADES ACADÊMICAS
COMPLEMENTARES
FORMULÁRIOS
LEGISLAÇÃO
PESQUISA
A COMISSÃO
NOTÍCIAS
INICIAÇÃO CIENTÍFICA
GRUPOS DE PESQUISA
PÓS-DOUTORADO
LEGISLAÇÃO
COOPERAÇÃO ACADÊMICA
CCinN-FD - A Comissão
NOTÍCIAS
BOLSAS
CONVÊNIOS
PITES
CÁTEDRA UNESCO
LEGISLAÇÃO
DOCENTES
DIRETOR
Antonio Junqueira de Azevedo

Antonio Junqueira de Azevedo

1990/1994

Nascido em São Paulo, em 23 de julho de 1939, iniciou estudos no Externato Elvira Brandão, em São Paulo. No ano de 1958, matriculou-se na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, formando-se em 1962. Em 1967, defendeu tese de doutor em Direito (área de Direito Processual Civil) e, em 1968, iniciou sua atividade docente nesta Faculdade (Direito Civil). Em 1975, foi aprovado no concurso à livre-docência em Direito Civil, passando a dar aulas também no curso de Pós-Graduação. Em 1982, foi aprovado no concurso para professor-adjunto de Direito Civil. Em 1986, tornou-se professor titular na mesma matéria, por concurso de títulos e provas.

Foi vice-diretor da SanFran de 1986 a 1990, sendo, a seguir, eleito para o cargo de diretor, com mandato até 1994. Na sua gestão foi inaugurado e posto a funcionar o prédio anexo da Faculdade, à Rua Riachuelo, cuja construção havia sido iniciada pelo diretor anterior. Reformularam-se os espaços no prédio do Largo de São Francisco.

À época a Faculdade, pela primeira vez, iniciou um projeto de expansão para o interior do Estado, dando cursos de especialização na cidade de Pirassununga e estando em estudos a instalação do curso de graduação na mesma cidade. Há também projetos para instalação em Ribeirão Preto.

É membro do Conselho Universitário da USP e presidente de sua Comissão de Legislação e Recursos (CLR); é o presidente da Congregação desta Faculdade. É membro da Associação dos Advogados de São Paulo, do Instituto dos Advogados de São Paulo e da Academia Paulista de Direito, ocupando a Cadeira n. 41, cujo patrono é José Bonifácio, "O Moço".

Enquanto vice-diretor e presidente da Comissão de Ensino introduziu, no currículo, a disciplina História do Direito e do Pensamento Jurídico, da qual foi, então, o primeiro professor. Tem lutado pela reforma do ensino jurídico no sentido de dar maior possibilidade de escolha aos estudantes, com cadeiras optativas já a partir do 4º ano do curso jurídico.

Advogou de 1963 a 1986. Tem participado de inúmeros eventos como conferências e simpósios no Brasil e no exterior. Possui artigos em revistas jurídicas especializadas, como a Revista dos Tribunais e a Revista da Faculdade de Direito, além das obras que seguem.

Faculdade de Direito - Universidade de São Paulo
Largo São Francisco, 95
São Paulo-SP
01005-010
+55 11 3111.4000